ALT+="kusudama colorido"

KUSUDAMA COLORIDO

KUSUDAMA COLORIDO

Kusudama colorido

Do japonês Kusu (remédio) e Tama (bola), é um origami modular.

KUSUDAMA  História e Origem

Foi introduzido no Japão no séc. VII com a função de harmonizar o ambiente.

Acreditavam que as fragrâncias das ervas colocadas dentro do kusudama serviriam para

afastar o mal e as doenças.

Transformado em móbile, o kusudama era colocado na cabeceira ou próximo ao doente

e sua energia curativa se irradiava através do cordão que pendia do mesmo.

Os cristais dispostos nos móbiles, simbolizam a energia que sai do Kusudama.

Como a água que escorre por um fio, os cristais representam algumas dessas gotas que

concentram e brilham com a luz e passam pelos  kusudamas em direção aos cordões.

Este conceito de cura está ligado a espiritualidade, que se estimulada positivamente

com boas energias, ajuda a afastar a negatividade, tristezas e consequentemente as doenças.

Além de elementos decorativos, o kusudama também está associado a eventos comemorativos,

como o internacionalmente conhecido Tanabata Matsuri, além de inaugurações, formaturas,

casamentos…

Os kusudamas de Tanabata também chamados de fukinagashi (flâmulas), preservam o

formato similar dos originais chineses, enfeitados com flores e tiras de papel penduradas.

A criação dos famosos kusudamas do Tanabata Matsuri de Sendai, província de Miyagi,

é atribuída ao comerciante da cidade de Ichibanchô, Kengoro Mori, que em 1946,

se inspirou na beleza das dálias de seu jardim para confeccionar, em papel, enfeites tão vistosos,

que acabaram sendo adotados para o Tanabata de sua região.

Quando utilizados para eventos comemorativos, o kusudama ganha o nome de

waridama (wari = waru = partir, cortar), pois são “partidos” ao meio, como uma espécie de

balão surpresa, soltando tiras e confetes coloridos de papel e, no meio do balão partido,

vê-se a mensagem relacionada ao festejo dependurada.

Dependendo da comemoração, o kusudama pode ganhar formatos variados,

abrindo-se em forma de sino ou coração, para casamentos, ou quaisquer

outras formas que lembrem os homenageados.

Atualmente são muito usados como elementos decorativos,

presentes que desejam boas vibrações, proteção, saúde.

 

Fonte: Wikipédia

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta